Sede Administrativa Trigão

A proposta para implantação da Sede Administrativa Trigão em sala comercial localizada no último andar de edifício corporativo na cidade de São Paulo, organiza o seu programa através de um objeto de marcenaria com caráter multifunctional. Desde o início do processo de projeto, e à partir do programa de usos estabelecido pelo cliente, imaginou-se a possibilidade de fazer uma obra mais rápida, econômica e que envolvesse a menor quantidade de fornecedores possível.

À esta peça de marcenaria foram adicionadas funções distintas que vão além da divisão e ordenamento dos espaços ( Recepção, Sala de Equipe, Copa, Diretoria e Sala de Reunião) e que ainda incluem nichos para uma pequena biblioteca, uma lousa de vidro deslizante na face voltada para os ambientes de iluminação natural, além de armários e bancada de trabalho por onde corre toda a infraestrutura de lógica e dados necessária para os três postos de trabalho usados com menor frequência.

O pequeno recinto de 93m2 se organiza de modo simples em volta deste elemento de madeira e tem como uma de suas características possuir seus espaços  de circulação sempre preenchidos com alguma determinada função. Não existem corredores. As salas que apresentam maior frequência de uso ficam todas voltadas para as aberturas de iluminação natural, no entanto, a bancada com postos de trabalho nunca deixa de ter luz natural muito em função das fenestras horizontais de luz criadas pelo afastamento que a peça central possui no piso e no forro.

Existia por parte do cliente uma forte determinação de que clientes e parceiros não tivessem contato com as salas de produção. É por esta razão que a sala de reunião está posicionada entre a recepção e a sala da diretoria.

  • Ano: 2013
  • Localização: São Paulo, SP I Brasil
  • Área: 93 m²
  • Autores: Guile Amadeu e Rodrigo Lacerda
  • Equipe: Guile Amadeu, Rodrigo Lacerda e Daniele de Souza
  • Outros: Fotos: Adriano Bogalhão + Coletivo de Arquitetos
voltar aos projetos